A verão está chegando. Já estamos nos preparando?

O questionamento foi feito,na Câmara de Vereadores. Secretaria de Turismo de Palhoça responde

793c5c3b8ccf931818c69c82367e53db.jpg Foto: NORBERTO MACHADO

Os primeiros finais de semana de calor, depois de um inverno “prolongado”, provocaram o debate: nossas praias já estão prontas para o verão? O questionamento foi feito publicamente pelo vereador Jean Henrique Dias Carneiro (Jean Negão, Progressistas) na tribuna da Câmara de Vereadores, na semana passada.
O vereador citou o exemplo de Florianópolis, que há tempos iniciou os preparativos para a temporada 2019-2020, e criticou alguns aspectos precários da infraestrutura das praias do Sul, como sinalização ineficiente, mato no entorno e buracos ao longo da principal rodovia que liga a Passagem do Maciambu à Pinheira, a rodovia Evadio Paulo Broering. O vereador encaminhou o requerimento Nº 0204/2019 ao secretário de Turismo, Adriano Mattos, solicitando o envio de relatório contendo informações das ações que serão implementadas pelo município nos balneários compreendidos entre a Praia de Fora e a Guarda do Embaú, “com vistas à satisfação das necessidades dos moradores, veranistas e turistas, fazendo constar, inclusive, o montante dos recursos já liberados para investimentos na infraestrutura, que atenderá a demanda da alta temporada”. “Novamente, observa-se que o município não implementou, na região litorânea, obras de infraestrutura para melhorar a qualidade de vida dos habitantes locais, bem como dos turistas que irão visitar o balneário no período da alta temporada que ocorre entre os meses de dezembro e março”, reflete o vereador, no requerimento. “Como é sabido, a infraestrutura da região é bastante precária, sendo necessário, portanto, que o poder público, considerando a proximidade do início da temporada, informe os recursos que já se encontram disponíveis e as ações que foram planejadas para serem implementadas nesse período”, acrescenta.
A Secretaria de Turismo informa que os preparativos para a temporada de verão – cuja abertura ocorrerá na primeira quinzena de dezembro – seguem um rito e que o cronograma está sendo cumprido. Por meio de ofício, a Secretaria está encaminhando uma resposta aos questionamentos do vereador Jean Negão. “Em síntese, a Secretaria de Turismo pretende manter todos os serviços públicos, as ações que deram bons resultados em outras temporadas, como: limpeza das praias, instalação de banheiros químicos, duchas, pontos de estacionamento, arenas esportivas, distribuição de material informativo sobre as opções turísticas no município de Palhoça, além do trabalho dos agentes de trânsito monitorando os acessos e os balneários”, informa a secretaria.
Em recente reunião, membros do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) repassaram à secretaria um relatório com as principais demandas e sugestões, que serão discutidas com outras secretarias que interagem nas ações da Operação Verão. A partir desse diálogo, surgirão as medidas que serão adotadas. Nos últimos anos, a Operação Verão envolveu, também: agentes da Fundação Municipal de Esporte e Cultura, Secretaria de Infraestrutura, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Serviços Públicos, Secretaria de Defesa do Cidadão, Secretaria de Saúde, Fundação Cambirela do Meio Ambiente, Secretaria Executiva de Saneamento (Samae), além da participação de órgãos ligados ao governo do estado, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Celesc.

Barcos na Guarda
Enquanto o poder público debate, os barqueiros da Guarda do Embaú já se organizaram e deram início aos preparativos. A Associação dos Barqueiros já está com 75 barquinhos cadastrados para realizar a travessia do Rio da Madre durante a temporada, e o preço da travessia já foi estipulado em R$ 4. “Nós pedimos encarecidamente aos turistas e à população em geral que usem o barquinho para atravessar o rio, pois é muito perigoso e tem correnteza constante”, orienta o presidente da associação, Renato da Silva.
Renato também orienta que ao chegarem em qualquer praia, rio ou lagoa, os veranistas observem a sinalização e peçam orientação aos barqueiros, principalmente na Guarda do Embaú, para localizar locais seguros para um banho de mar. “Verão sem afogamento depende de todos nós”, diz Renato.
Outras situações verificadas na última temporada devem ser controladas, como a presença de motos aquáticas - os populares jet skis - no Rio da Madre e a utilização de churrasqueiras e aparelhos de som na orla da Guarda.

Bombeiros
Como as praias do Sul já começam a receber uma quantidade enorme de banhistas aos primeiros sinais de calor da primavera, o Corpo de Bombeiros já deu início aos trabalhos de observação nos principais balneários de Palhoça.
Os postos de observação nas praias da Guarda do Embaú e da Ponta do Papagaio abriram no final de semana de 12 e 13 de outubro e também no dos dias 19 e 20 e permanecerão abertos. Aos poucos, os outros postos de guarda-vidas serão abertos, assim como a permanência de profissionais nas praias durante a semana.
Este ano, os Bombeiros vão receber o reforço de cinco militares, além dos guarda-vidas civis, que estão em formação. Os Bombeiros também farão obras nos postos de observação, especialmente no da Guarda do Embaú.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif