Covid: estudo indica benefícios da vacina da gripe

Os cientistas americanos investigaram os efeitos do imunizante em crianças e jovens e concluíram que os que testaram positivo para Covid-19 e haviam recebido a vacina contra a gripe na atual temporada tinham menor índice de p

8472bff9544e2d95a6dcd8753d7de00b.jpeg Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

No momento em que o foco está voltado para a campanha de vacinação contra a Covid-19, especialistas chamam a atenção para a importância da vacinação contra a influenza (gripe). Recente pesquisa desenvolvida pela Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, apontou que o imunizante contra a influenza pode agir de maneira benéfica para atenuar os efeitos do novo coronavírus no organismo.
 
Os cientistas americanos investigaram os efeitos do imunizante em crianças e jovens e concluíram que os que testaram positivo para Covid-19 e haviam recebido a vacina contra a gripe na atual temporada tinham menor índice de problemas respiratórios ou doenças graves.

Um estudo, publicado recentemente no periódico científico American Journal of Infection Control, mostrou que pessoas que tomaram a vacina contra a gripe apresentaram um risco 24% menor de serem infectadas pelo novo coronavírus. 

Estudos anteriores já associavam a vacina contra a gripe à potencialização da imunidade contra o coronavírus e até mesmo à redução da mortalidade pela doença. Um mecanismo plausível para esse efeito benéfico cruzado estaria no processo chamado imunidade treinada, em que a exposição a um invasor também prepara o sistema imunológico para responder a outras ameaças. “A vacinação da gripe auxilia os profissionais de saúde a descartarem os casos graves de influenza na triagem e a acelerarem o diagnóstico para o coronavírus. Além de reduzir a pressão sobre o sistema de saúde. Com isso, é muito importante todas as pessoas se vacinarem”, alerta o doutor Cleomar V. Marcon, responsável técnico da Proteger Vacinas, com sede também em Palhoça.


A vacina e a economia
Na contramão dos gastos, a vacinação contra a gripe possibilita uma significativa redução de custos para as empresas, gerando uma economia global de cerca de R$ 235 por indivíduo vacinado, além de queda na ordem de 44% no número de visitas ao médico em função de infecções no trato respiratório superior e 43% nos dias de trabalho perdidos.

Felizmente, ao realizar a imunização corporativa, é possível prevenir, de forma prática e eficaz, esse cenário. São inúmeras vantagens para quem decide apostar nessa prática. 

Ao promover uma campanha de vacinação, estamos, juntos, protegendo não apenas o trabalhador de doenças infecciosas, mas também evitando a transmissão para clientes e familiares.

A vacina contra a gripe é muito eficaz para reduzir a incidência da doença e as faltas à escola e ao trabalho. Reduz ainda complicações e óbitos associados à infecção pelo vírus da gripe, o que é especialmente importante para pacientes sob risco, como idosos e portadores de doenças crônicas como asma, DPOC, cardiopatias, diabetes, etc.


Perspectivas para vacina contra Covid no sistema privado
Recente proposta do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM/MG), permite que empresas comprem vacinas, desde que doem 100% das doses ao Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto durar a imunização dos grupos prioritários previstos no plano nacional. Após essa fase, metade das doses adquiridas ainda devem ser entregues à rede pública. Além disso, a aplicação da outra parte que ficar com o comprador não poderá ser cobrada.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg