Hugo Malagoli lança “A cor do tempo”

Inspiração veio da luta em meio à Covid-19

2351dc0190404784570260d792846b30.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

A música “A Cor do Tempo”, do músico palhocense Hugo Malagoli, é um trabalho político, segundo ele mesmo define. Lançada nesta semana, a obra tem coautoria de sua esposa, a historiadora Nayara Franz, e apresenta aos ouvintes uma reflexão sobre o momento de pandemia vivido no Brasil. 

Da luta árdua dos profissionais da saúde, em meio à escalada de mortes pela Covid-19, surgiu a frase “entre máscaras e marcas”, anunciada nos primeiros acordes. A letra ainda tece críticas ao governo vigente. Segundo o músico, o texto revela a nostalgia de um tempo político em que, apesar dos desafios, a vida era melhor. “Como artista, me sinto na obrigação de criticar o que eu penso estar errado, mas com a esperança de dias melhores”, afirma.

A produção começou no início da pandemia, durante o período de quarentena no estado. “Na tentativa de descontrair, organizamos um cenário com whisky, conversas, gargalhadas e ideias”, lembra o artista. Para o lançamento, ele contou com os conselhos do primo Nathan Malagoli, músico e compositor palhocense inserido na realidade digital do mercado. A gravação e mixagem aconteceram no estúdio Malagoli Records, na Ponte do Imaruim.

Este é o primeiro lançamento autoral do artista, que há mais de 20 anos atua no cenário musical, já tendo se apresentado em outros estados e, até mesmo, fora do Brasil. Com a chegada da pandemia e os cancelamentos dos shows, no entanto, quase desistiu da carreira: “Já estava com 42 anos e não via muita perspectiva de futuro na música. Foi aí que, mexendo nas minhas coisas, eu vi a pasta de letras de música que eu tinha desde garoto”.

Folheando as produções antigas, veio o pontapé que precisava: decidiu atualizar os materiais antigos e gravá-los. “Poderia ser uma alternativa para liberar a ‘musicalidade acumulada’. Foi quando entrei em contato com meu primo Nathan Malagoli e combinamos de pôr em prática esse sonho. Tem muito material bom vindo aí”, antecipa o músico.

A próxima música, “Aquela Vida de Antes”, será lançada em dezembro. O objetivo é publicar uma música por mês até completar 10 músicas para o álbum físico. “Mesmo indo contra o atual mercado musical, quero ter algo que eu possa segurar nas mãos, dar de presente, essas coisas. É uma aventura que estou adorando fazer. Demorou? Pode ser. Mas cada um com seu tempo”, pondera.

“A Cor do Tempo”, de Hugo Malagoni, 
está disponível no YouTube e nas 
demais plataformas digitais

https://www.youtube.com/watch?v=fZL1oGA7SXo&feature=youtu.be&fbclid=IwAR2XSjG9Un6vLkB2wIjX9WmpiqhgEJ8lUEphov1Hw_JZq8MWf4-SplN46qc

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg