f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

No circuito dos grandes eventos

Palhoça recebe competições estaduais de alto nível. No final de semana, foi a vez da natação e do vôlei de praia

77472fbe90b1e7d7040e7cdbfaec6c01.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Dentro da programação dos Jogos de Verão, Palhoça recebeu, no último final de semana, dois eventos importantes: as finais do circuito de vôlei de praia, na Ponta do Papagaio, e a Travessia da Ponta das Andorinhas, na Praia de Cima, na Pinheira.

“A gente está numa temporada muito boa de eventos. A gente fechou uma parceria com a Fesporte e este foi um dos eventos que a gente fez com a Fesporte, a travessia de natação, junto também à federação de natação. A gente finalizou o circuito de vôlei de dupla e semana que vem, sábado (15) e domingo (16), tem o boxe e o wrestling, um vai ser na Praia do Sonho e o outro vai ser na Ponta do Papagaio. Tem uma corrida grande também, no dia 16, os 30 quilômetros da Ponta do Papagaio. Isso movimenta a parte esportiva e a parte turística das nossas praias”, observa o presidente da Fundação Municipal de Esporte e Cultura, José Virgílio Junior (Secco).


Natação

Cerca de 400 pessoas participaram da Travessia da Ponta das Andorinhas, prova de natação em mar aberto, com 1,5 mil metros de percurso, na Praia de Cima, no sábado (8). Além de fazer parte da programação dos Jogos de Verão, a competição abriu o Circuito de Maratonas Aquáticas de Santa Catarina 2020. “A condição do mar não estava das melhores, mas todos os atletas completaram a prova, a segurança deu um show. A organização, a relação entre Prefeitura, Fesporte e federação está redonda, está bem alinhada, e já mantendo o calendário para os próximos anos. A gente só agradece essa parceria, e nosso papel é fazer crescer cada vez mais o esporte na nossa cidade, seja com eventos, projetos ou equipes de rendimento”, destaca Secco.

No geral feminino, a jaraguaense Ana Carolina Bartz (Ajinc/Urbano/Secel) chegou em primeiro, com o tempo de 18min27, seguida da companheira de clube e cidade, Aline Pauli, com 18min30, e de Renata Figueiredo (Lira Tênis Clube), com 18min47. Entre os homens, no geral, Cristian Machado (Clube Curitibano) chegou em primeiro, com o tempo de 14min56, seguido de Lucas Davesac Machado (Nadar Itajaí), com 14min58, e Guilherme Kanzler (Ajinc/Urbano/Secel), com 15min25.

O professor de natação André Luiz Zanin, que nada desde criança e já foi atleta de competição (fez a primeira travessia, a da Lagoa da Conceição, com apenas 16 anos), participou da prova de sábado. Aos 40 anos, o morador de Palhoça completa 24 anos de travessias. “Sempre participei desses circuitos de natação. Só a travessia da Lagoa da Conceição já fiz umas oito vezes”, relembra. Na Pinheira, André completou o percurso da travessia em 23 minutos, sua melhor marca. “Foi um dia agradável, com o mar mexido, água quente”, avalia o nadador.

A competição contou com provas de 600 metros e 1,5 mil metros, que era a prova principal, com o percurso saindo da praia e contornando duas boias ao fundo. Na saída, os competidores precisaram enfrentar o vento e a corrente contrários. “Até chegar à primeira boia de marcação, os nadadores tiveram muita dificuldade, pois tinha vento contra, corrente contra e ondas pequenas, porém, com o balanço, dificultava a visibilidade da primeira boia. Após a passagem da primeira boia, ficou mais fácil de enxergar a segunda boia, e após a passagem da segunda boia os nadadores tinham que retornar à praia, passando por dentro de um funil de chegada. Esta última etapa até o funil de chegada era mais fácil, pois tudo ajudava, vento, corrente e até o balanço das ondas”, descreve André. “Uma prova muito boa de participar, muito bem organizada, com monitores por todo o percurso, uma prova muito bem sinalizada e segura”, finaliza.


Vôlei de praia

O vôlei de praia encerrou no domingo (9). No feminino, Leize a Katiane, de Balneário Camboriú, ficaram com o título; Mica e Guga, de Itapema, ficaram em segundo lugar; Elô e Valéria, também de Balneário Camboriú, em terceiro. E deu Balneário Camboriú no masculino também, com a dupla formada por Martinho e Tony. Roger e Eder, de Itapema, ficaram em segundo; Joshua e Felipe, de Jaraguá do Sul, terminaram em terceiro. 



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg