PH tem atividades online para a terceira idade

Aulas de ginástica da FMEC e atividades do Programa da Maturidade, da FMP seguem sendo ofertados, em sistema virtual

6e02bb968789e1d74a770d39ec20a578.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/PMP

Em tempos de pandemia provocada por um vírus perigoso e altamente contagioso, as pessoas que fazem parte dos grupos de risco precisam equilibrar o cotidiano entre a “precaução” e o “ocupação”: como ocupar o tempo sem colocar a saúde em risco? Pensando no bem-estar da turma de melhor idade, a Prefeitura de Palhoça tem oferecido atividades em formato virtual para os palhocenses com idade acima de 60 anos – lembrando que os idosos estão entre as pessoas consideradas como grupo de risco diante da Covid-19.


Um dos destaques da Faculdade Municipal de Palhoça (FMP), como projeto de responsabilidade social, o Programa da Maturidade atende cidadãos a partir de 50 anos residentes no município, promovendo a inclusão social e oferecendo maior qualidade de vida às pessoas da terceira idade. O programa atualmente tem atendido cerca de 80 idosos da região, oferecendo atividades lúdicas, físicas, artísticas, culturais e funcionais.


Cada vez mais as ações vêm sendo vinculadas à pesquisa e à extensão, como a construção de acervo sobre as memórias das experiências dos alunos, concebidas e sistematizadas como patrimônio imaterial regional. Atualmente, devido à pandemia, a FMP se organizou e se reinventou para manter a programação de atividades para os idosos. Assim, a turma da maturidade continua assistindo às aulas e fazendo as suas atividades no formato online.


Na Fundação Municipal de Esporte e Cultura (FMEC), a turma da melhor idade também continua sendo assistida durante a pandemia, com a manutenção das aulas de ginástica, em formato digital. A atividade física é uma das receitas para manter a imunidade em níveis elevados, auxiliando o organismo a combater o coronavírus, em caso de contágio. Além disso, é uma atividade divertida, que o pessoal da maturidade costuma elogiar. “O programa de ginástica tem como público-alvo alunos com mais de 60 anos, que não estão liberados, neste momento, para fazer aula presencial”, explica o professor Ricardo Vasques.


O projeto contempla 400 alunos, em sete núcleos, orientados por três professores. No início da pandemia, com o rigor das medidas de quarentena, o professor produziu uma série de aulas, gravou e postou no YouTube, para que os alunos pudessem acompanhar pela internet e seguir se exercitando. As aulas estão sendo repostadas agora nos grupos de WhatsApp mantidos pelas turmas do professor Ricardo. “Eu tenho muitas visualizações. Só uma das minhas aulas tem mais de 500 visualizações, e eu só postei isso para os grupos, ou seja, o pessoal está fazendo. E essa repostagem está dando resultado, os alunos estão comentando que fizeram as aulas”, comemora Ricardo.


Para o presidente da FMEC, José Virgílio Júnior (Secco), a atividade física e a saúde mental são essenciais neste momento. “Se o nosso idoso ficar em casa sem fazer nada, aí mesmo é que ele vai ficar doente ou depressivo. Por isso, nós mantivemos as aulas no formato online e recomendamos, sempre que possível e em ambiente controlado, a atividade física, um banho de sol e manter a mente ocupada e ativa”, recomenda Secco.

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg