2bcce634871ed1468e7351608bbebb70.jpg Vacinação em SC: Estado distribui doses nesta terça para vacinar adolescentes contra a Covid-19

df6918034d4114166d85ee70d1d48414.jpg Cerca de 4 mil beneficiados do SC Mais Renda ainda não buscaram seus cartões

24ad3550b5edf4882c4dd519fdf7be25.jpeg SC Transplantes registra recuperação em número de doações de órgãos

dbcd3da33f56f29f2f6a7dcf20c532df.jpg Palhoça é a primeira cidade de SC a concluir o programa Salto em 2021

cea913637f9993044e2d593d2c8c58a5.jpeg Professor de Ecologia e Oceanologia aborda exploração de petróleo

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX

72f487649eea6e06499c8aad717c7939.jpg Rodada do Campeonato Palhocense de Juniores é cancelada por suspeita de Covid-19

fb7c595c0003a6d5a1d67ae4342a585b.jpeg Apostando em jovens talentos, Guarani encerra Série B em quinto lugar

5d4a40de45338ded326da1392547a49a.jpeg Paratleta de Palhoça é homenageada por participação em Tóquio


Procon notifica bancos por demora no atendimento

Vistoria foi feita em cinco agências no Centro, e todas foram notificadas

8222599ca7650cb47470f8de0274bdb3.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO/SECOM

O Procon de Palhoça, órgão vinculado à Secretaria de Defesa do Cidadão, realizou uma ação de fiscalização em agências bancárias localizadas no Centro, nesta quinta-feira (4) e sexta-feira (5). 

“Recebemos muitas reclamações de espera em fila. Fizemos as fiscalizações nas agências bancárias do Centro e constatamos a demora no atendimento”, relatou o secretário de Defesa do Cidadão, João Gonçalves Neto.

Segundo a Lei Municipal nº 1.110, de 2000, as agências bancárias são obrigadas a colocar à disposição do consumidor pessoal suficiente, com o funcionamento de todos os guichês existentes no estabelecimento, nos setores de caixa, PIS e FGTS, nos seguintes períodos: entre os dias 1º e 10 e também no dia 20 de cada mês; em vésperas ou após feriados; e nos dias de pagamento dos funcionários públicos.

Em um dos bancos, o tempo de espera registrado pelas equipes de fiscalização foi de 1h42. O prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, reforça que o direito do cidadão a um atendimento rápido e humanizado precisa ser respeitado. “É uma determinação legal, e as agências bancárias precisam cumprir. A lei não pode ser desrespeitada e a população não pode ficar horas na fila esperando atendimento, isso é desumano, especialmente neste momento de pandemia, em que quanto maior o tempo de espera, maior a exposição do cidadão ao contágio pelo novo coronavírus”, comenta Freccia.

Todas as cinco agências vistoriadas foram notificadas por descumprimento da lei. O Procon exigiu a disponibilização de um número de funcionários suficiente para atender a demanda e a ampliação do horário de atendimento ao público no período determinado pela lei, a fim de evitar filas e aglomerações, proibidas em época de pandemia.

A notificação também impõe aos bancos a necessidade de oferecer um abrigo aos consumidores, fora da agência, uma vez que o lado externo tem concentrado clientes, em função da observação do distanciamento social. “Eles precisam oferecer uma estrutura mínima para a pessoa não ficar no sol ou na chuva. Isso tem acontecido muito”, lamenta o secretário.

Os bancos receberam o prazo de 48 horas para se adequarem às exigências feita pelo Procon.



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO/SECOM DIVULGAÇÃO/SECOM DIVULGAÇÃO/SECOM
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg