f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Professores questionam segurança na volta às aulas

Apesar de manifestações contrárias às atividades presenciais, escolas municipais receberam alunos para início do ano letivo

12e2718da11a2a25ffa641b5f2d1f3d0.jpeg Foto: FLÁVIO LENGRUBER/ESPECIAL

Por: Willian Schutz

Com o retorno das atividades presenciais marcado para esta quarta-feira (17), profissionais da rede municipal de ensino de Palhoça votaram para que as aulas sejam retomadas apenas de forma remota. A decisão surgiu na assembleia geral realizada no final da tarde desta terça-feira (16) e uma série de argumentos foi apresentada. Mas isso não foi o suficiente e as aulas retornaram, conforme as diretrizes governamentais. 

Segundo nota oficial da Prefeitura de Palhoça, até o final da manhã de quarta “não havia recebido nenhum comunicado oficial do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palhoça (Sitrampa) informando eventual determinação para que os servidores não retomassem as atividades presenciais”.
Ainda segundo o que foi divulgado pela Prefeitura, “a possibilidade de ter havido uma recomendação sindical para o não comparecimento às aulas presenciais causa estranheza, uma vez que o próprio sindicato participou da construção do plano de contingência para a retomada das aulas”. 

A Prefeitura informou que tomará as medidas necessárias para garantir o retorno das atividades presenciais, que atende a uma determinação do Ministério Público e também aos decretos publicados pelo governo do estado.


Insegurança
Um dos principais pontos levantados na assembleia ocorrida na terça-feira foi a não vacinação dos professores. Um professor de Educação Física da rede estadual (que retoma as aulas nesta quinta, 18) que atua em Palhoça contou: “Eu só darei aula presencial depois que tivermos acesso à vacina”. Ele completa afirmando que alguns colegas adotaram uma “greve parcial, em que os professores não irão para a escola enquanto não houver a vacina, mas continuarão atendendo aos alunos normalmente de forma virtual, igual no ano passado”. 

Já quanto aos profissionais da rede municipal, a situação não parece ter se reconfigurado. O retorno ocorreu no dia previsto (17). Para isso, os profissionais seguiram as diretrizes do plano de contingência municipal (PlanCon).  

A secretária de Educação do município, Shirley Nobre Scharf, explica que o “plano de contingência do município serve para todas as redes, a pública e a particular”. “Cada instituição se adequou à sua realidade, mas seguindo todas as diretrizes”, destaca.

Sendo assim, tanto as estruturas, quanto a organização das escolas foram preparadas para a recepção dos estudantes, conforme determinado. Todas as escolas em território palhocense foram adaptadas para a situação pandêmica: dispensers de álcool em gel foram instalados nas entradas, nas classes e nos corredores; cartazes informativos sobre os cuidados encontram-se espalhados pelas instituições; a disposição de mesas, tanto nas salas, como nos refeitórios, está conforme o distanciamento seguro. Também haverá aferição de temperatura de todos os alunos e profissionais, logo na entrada.

O prefeito Eduardo Freccia anunciou que todos os professores da rede municipal fizeram testes para a Covid-19. Tal medida surgiu para assegurar que os profissionais que estivessem infectados permanecessem em casa, evitando a propagação. Além disso, os estudantes estão sendo atendidos através do modelo de ensino híbrido: com atividades presenciais e online. 

Uma professora atuante em Palhoça explicou como funciona a metodologia: “No sistema híbrido, no qual a turma é separada em parte A e B, as aulas vão ser muito diluídas. Então, por exemplo, esta semana dou aula para a parte A; semana que vem repetirei a aula para a parte B, enquanto a parte A ficará em casa. Ou seja, nos veremos a cada 15 dias”.

Nos próximos dias, os profissionais da educação de Palhoça devem anunciar se continuarão com as aulas presenciais. Enquanto isso, a campanha de vacinação contra a Covid-19 continua. Resta saber quando professores conseguirão ser imunizados – e se haverá vacina para crianças e adolescentes. Mas, conforme já foi determinado pelos órgãos públicos: educação passou a ser considerada serviço essencial.


Escolas estaduais
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte/SC), que representa as escolas estaduais, havia optado por greve, seguindo a mesma linha de argumentação do Sitrampa. No entanto, a decisão foi revogada e uma nova assembleia estadual foi aprovada para o dia 8 de março, com o objetivo de retomar o debate e avaliar a situação.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 4 fotos
Créditos: FLÁVIO LENGRUBER/ESPECIAL FLÁVIO LENGRUBER/ESPECIAL FLÁVIO LENGRUBER/ESPECIAL FLÁVIO LENGRUBER/ESPECIAL
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg