f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Sintraturb apoia paralisação nacional nesta sexta

Paralisação dos trabalhadores do transporte coletivo será por 24 horas, da meia-noite de quinta-feira (13) à meia-noite de sexta (14)

55caf19f09fc2cf07a0246a2b4ecc0a7.jpg Foto: REPRODUÇÃO/INTERNET

Reunidos em Assembleia na tarde desta quarta-feira (12), os trabalhadores do transporte coletivo da Grande Florianópolis aprovaram a proposta patronal (ou seja, se cumprido o acordo, não haverá greve na categoria) e também aprovaram a paralisação de 24 horas nesta sexta-feira (14), em apoio à manifestação nacional contra a Reforma da Previdência.

Portanto, não haverá ônibus circulando a partir da meia-noite desta quinta-feira (13) até a meia-noite de sexta-feira (14).

 

Comunicado

As empresas de transporte coletivo da Grande Florianópolis emitiram um comunicado lamentando a paralisação. Acompanhe!
 
"As empresas de transporte coletivo da Grande Florianópolis vêm a público lamentar a paralisação desta sexta-feira (14), que causará graves prejuízos à população. Nas últimas semanas, as empresas promoveram um amplo esforço para conseguir chegar a um acordo com o sindicato dos trabalhadores, concedendo ganhos reais e novos benefícios. Depois de muita negociação, houve sucesso e foi possível, pelo terceiro ano consecutivo, evitar uma greve no setor de transporte coletivo da região metropolitana.
 
Ainda assim, a assembleia do Sindicato dos trabalhadores aprovou uma greve nesta sexta-feira, por questões que não têm relação direta com as empresas.
 
A pauta desta greve é política e provocará sérios problemas para quem está aguardando há meses por uma consulta médica, para aqueles que desejam trabalhar ou estudar, para o comércio e toda a economia.
 
As empresas de transporte coletivo têm o tempo como matéria-prima. Os passageiros não embarcados hoje não serão conduzidos duas vezes amanhã. O prejuízo no faturamento não será revertido, como certamente ocorrerá com milhares de cidadãos de nossa região.


Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg