Coluna Policial - Edição 715

Suspeitos de roubo em residência são presos pela Polícia Civil

f31abd4c28891cdd4b317a053ad3efb7.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

PRISÃO

A Polícia Civil cumpriu cinco ordens judiciais de busca e apreensão e de prisão temporária contra suspeitos de roubo em residência contra uma família no Aririú. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Dois homens foram presos.

O crime ocorreu na noite de 12 de setembro, quando quatro homens armados com pistolas entraram na moradia da família. O bando subtraiu objetos da residência, fazendo a família refém, sob a mira de arma de fogo. O roubo durou 40 minutos.

Segundo a delegada da DIC, Raquel Freire, após o crime a equipe de investigadores da DIC iniciou as primeiras diligências, que culminaram com a identificação de dois autores do fato. As prisões temporárias foram expedidas pelo Judiciário de Palhoça e cumpridas nesta terça-feira (12).

Durante as diligências, os investigadores identificaram mais um suspeito de ter envolvimento no roubo. As diligências ocorreram nos bairros Canto do Lamim, em Florianópolis; Forquilhas, em São José; e em Biguaçu. “As investigações continuam e em breve o procedimento será concluso ao Judiciário de Palhoça”, afirma a delegada. A DIC de Palhoça contou com o apoio dos policiais civis da Central de Investigações do Norte da Ilha no cumprimento das medidas cautelares.

 

PRODUTOS PIRATAS

Uma operação conjunta da Polícia Civil e da Receita Federal resultou na apreensão de um ônibus de turismo transportando diversos produtos pirateados de São Paulo sem a respectiva nota fiscal. A ação aconteceu na última sexta-feira (1), em Palhoça.

O ônibus trafegava pela BR-101 transportando diversas mercadorias piratas e tinha como destino uma feira que seria realizada na cidade de Içara (SC).

Segundo o delegado Pedro Henrique Mendes, da Delegacia de Investigação aos Crimes contra a Fazenda Pública da Deic, que coordenou os trabalhos, ficaram caracterizados os crimes de pirataria e sonegação fiscal. “Fizemos contato com os representantes das marcas que tiverem seus produtos falsificados. Também comunicamos o fato aos auditores da Receita Estadual para autuar o proprietário do ônibus por transportar produtos sem a devida nota fiscal”, explicou o delegado. Todo o material foi transferido para a sede da Deic.

 

ASSASSINATO

Um homem de 29 anos foi morto no domingo (10), no Rio Grande, com um tiro na cabeça. Ele teria tentado matar a própria mãe - fez dois disparos, mas errou os tiros. Um enteado da mulher reagiu e atirou contra o agressor, que possuía passagens na Polícia por lesão corporal, ameaça, vias de fato, dano e roubo. Ele chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif