João, um comendador

Fundador do jornal O Palhocense, colunista João José da Silva recebe a Comenda do Legislativo, honraria oferecida pelo Parlamento estadual

168873644a31d3f45ef3a61438e5844b.JPG Foto: ALEXANDRE JBS

O Parlamento estadual concedeu, na noite de segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa (Alesc), em Florianópolis, a Comenda do Legislativo a personalidades e organizações que promoveram o desenvolvimento cultural, político e econômico do estado barriga-verde. Um dos agraciados foi o fundador do jornal O Palhocense, o colunista João José da Silva.

A indicação foi feita pela deputada estadual Dirce Heiderscheidt (MDB). “Este prêmio não é só meu. Minha história foi feita com a ajuda de vários colaboradores, tanto na área cultural, fazendo os festivais de música, tive muita gente que participou junto comigo, quanto no jornal. Um agradecimento especial a toda a equipe do jornal, porque é através deles que a gente continua fazendo este trabalho. E aos nossos leitores, que deram sempre respaldo à importância da gente fazer um jornal na cidade”, destaca o agora comendador.

O material de divulgação criado pela Alesc para apresentar os agraciados lembra que é filho de oleiros instalados no Alto Aririú. Nascido em 12 de janeiro de 1956, estudou na escola do bairro, a Nicolina Tancredo, e depois se formou em técnico em Contabilidade no colégio Governador Ivo Silveira, no Centro.

Em 1986, João abriu as portas para a cultura, com a fundação do Snoopy Bar, espaço cultural que logo conquistou os palhocenses. Pela casa noturna, instalada no próprio Alto Aririú, promoveu 17 edições do Festival de Músicas Inéditas de Palhoça, incentivando talentos da região, e ainda produziu diversos shows nacionais.

Em 1987, lançou o primeiro livro, “Dois Tempos - Poesias”, em parceria com o poeta palhocense Odilon Agenor da Silva - hoje, já soma oito obras publicadas, e tem mais uma a caminho. Dois anos depois de publicar o primeiro livro, João fundou o jornal O Palhocense, que hoje, sob o nome de Palavra Palhocense, é editado pelo filho, Alexandre João Bonfim da Silva. Não é por acaso que até hoje é conhecido na cidade como “João do Jornal”.

Atualmente, além de manter suas colunas no jornal Palavra Palhocense (Beltrano e Boca Maldita), João tem se dedicado a compilar a história fotográfica de Palhoça, reunindo um arquivo que já ultrapassa 1,5 milhão de imagens.
Durante a cerimônia na Alesc, o deputado Padre Pedro Baldissera (PT) discursou em nome dos parlamentares e destacou a pluralidade dos homenageados. “A Comenda do Legislativo permite reconhecer pessoas, entidades, empresas e movimentos que lutam e trabalham por Santa Catarina. Temos representados aqui hoje diversos segmentos da sociedade, há educadores, pesquisadores, administradores públicos e privados, da área da saúde, da agricultura e de movimentos sociais do campo e da cidade”, registrou. “É uma noite especial, principalmente porque esta Casa representa os catarinenses através dos parlamentares, agradeço a presença dos homenageados, seus familiares e amigos, a imprensa que nos prestigia e o nosso servidor que colabora no dia-a-dia”, encerrou o presidente da Alesc, o deputado Silvio Dreveck (PP).

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif