PH sedia fórum de educação bilíngue para surdos

Evento aconteceu na quarta-feira (6), na Pedra Branca

bc529271f958c8e897f87e76f21a7961.JPG Foto: DIVULGAÇÃO

Na quarta-feira (6), o campus Palhoça Bilíngue do IFSC organizou o I Fórum Estadual de Educação Bilíngue para Surdos. O encontro contou com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e teve como tema “Políticas Educacionais e Linguísticas”. 

O objetivo foi fomentar o debate sobre as políticas educacionais e linguísticas da educação bilíngue e refletir sobre os desafios da implantação de escolas e classes bilíngue, além de propor ações conjuntas que possam ser realizadas em Santa Catarina.

Na abertura, a diretora do campus, Carmem Cristina Beck, ressaltou que o evento é reflexo de muitas experiências que já aconteceram e que estão agora sendo trazidas para discussão, permitindo que sejam pensadas estratégias em conjunto para garantir uma educação de qualidade para as crianças surdas.

Ao longo do evento, que contou com a participação da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; representantes da Fundação Catarinense de Educação Especial; da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina e da Associação de Surdos da Grande Florianópolis, além de pesquisadores de referência na área, foram apresentados o histórico e os números da educação bilíngue no Brasil e em Santa Catarina, e discutidas as possibilidades para a implementação de uma política de educação bilíngue (Libras/Português). 

O fórum contou com a participação de cerca de 180 pessoas, entre estudantes, gestores e professores das redes municipal, estadual e federal de educação e comunidade surda. Ao final do evento, foi gerado um documento que contempla uma proposta para a implantação da política de educação bilíngue para surdos na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental em Santa Catarina.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif