Projeto realizado em PH é premiado em Portugal

FitoSUS orienta população sobre plantio adequado e sustentável de plantas medicinais

ce56d8a7c44abf807769a78fdb481391.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

O projeto FitoSUS, que orienta a população sobre o plantio adequado e sustentável das plantas medicinais conhecidas além do preparo de remédios, realizado na unidade básica de saúde do São Sebastião e no CAPS-Álcool e outras Drogas, no Centro de Palhoça, recebeu uma premiação e certificação no Congresso Internacional de Intervenção em Saúde e Bem-Estar (“Health & Well-Being Intervention”), realizado em Portugal pelas instituições Reci (Research in Education and Community Intervention) e Instituto Piaget de Viseu.

O projeto é realizado por meio da Secretaria da Saúde de Palhoça em parceira com a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). 

Os trabalhos premiados foram: “Programa de uso de plantas medicinais no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas na Cidade (Caps-AD) de Palhoça” e o “Programa de promoção ao uso racional de plantas medicinais na Atenção Básica na unidade de saúde do São Sebastião”, ambos parte do projeto de extensão FitoSUS. Os resumos dos trabalhos serão publicados na revista internacional Work: A Journal of Prevention, Assessment & Rehabilitation.


Projeto FitoSUS

O FitoSUS integra o projeto de extensão da Unisul desde 2018, sob a coordenação da professora Anna Paula Piovezan, do curso de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS), com a participação das professoras Márcia Regina Kretzer, do curso de Medicina, e Aline Emer, da Naturologia.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif