Banco da Família vai ajudar no combate à pobreza

Parceria com organização do Paraguai vai atender 300 famílias

21d00b5f82e67aabce22b8b2ffe752b8.JPG Foto: DIVULGAÇÃO

O Banco da Família firmou parceria com a Fundación Paraguaya, organização que desenvolveu metodologia inovadora de combate à pobreza já implantada em mais de 20 países - entre eles o México, o Chile, os Estados Unidos e o Reino Unido. A partir de janeiro, 300 famílias selecionadas na região de atendimento da instituição vão participar de uma experiência-piloto de uso do chamado Semáforo de Eliminação da Pobreza.

Apresentado no Fórum Econômico Mundial de Davos, o Semáforo permite às famílias fazer uma autoavaliação de diversos aspectos relacionados à sua qualidade de vida. A análise, que leva em conta 50 indicadores diferentes, é feita com auxílio de um aplicativo de celular ou pelo computador e fornece um mapa visual que destaca nas cores vermelho ou amarelo os pontos que merecem atenção.

Concluído o diagnóstico inicial, a família tem apoio técnico para a definição de planos de combate aos problemas mais graves encontrados. Nas regiões de atendimento da instituição, tanto o diagnóstico quanto a definição de estratégias para melhorar a qualidade de vida das pessoas serão feitos com auxílio dos agentes de crédito do Banco da Família que foram treinados pela Fundación. “A nossa missão é promover qualidade de vida e transformação social. Hoje, percebemos que isso não fica restrito à oferta de crédito. Nós queremos ajudar as pessoas a realizarem sonhos e essa ferramenta veio ao encontro do que já fazemos há 21 anos”, explica a presidente do Banco da Família, Isabel Baggio. Segundo ela, o grande diferencial do Semáforo é garantir às famílias o protagonismo no esforço de melhoria da sua qualidade de vida.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg