Covid-19: SC criou 570 novos leitos de UTI

Número é da ampliação promovida desde o início da pandemia. Governo do estado reforça medidas de prevenção à doença

0580f469244150300e430ac6fd70a276.jpg Foto: RICARDO WOLFFENBUTTEL/SECOM/DIVULGAÇÃO

O governo do estado tem atuado de maneira permanente para ampliar o atendimento e fazer o enfrentamento à Covid-19 em Santa Catarina. Desde o início, foram criados 570 novos leitos de UTI para atender aos pacientes em estado grave da doença. Eles estão distribuídos por todas as regiões catarinenses. Além disso, o estado tem acompanhado de perto a evolução dos casos da Covid-19 e garantido suporte aos municípios na tomada de decisões.

Porém, com a queda de temperaturas e disseminação do novo coronavírus, torna-se fundamental reforçar as medidas de prevenção. O governador Carlos Moisés destaca a importância do trabalho conjunto: “Mesmo com o esforço constante do governo do estado, a prevenção é e continuará sendo a melhor forma de combatermos esse vírus. Eu confio nos catarinenses. Sei que Santa Catarina, com o trabalho dos gestores e a conscientização da população, irá vencer essa batalha”.

Até o momento, o estado contabiliza 31.616 recuperados de um total de 38.408 casos confirmados da doença. De acordo com dados atualizados pela Secretaria de Saúde nesta quinta-feira (9), foram pelo menos 107 mil testes do tipo PCR realizados e mais de 200 mil testes rápidos distribuídos. Além disso, o governo do estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, já entregou, pelo menos, 279 respiradores adquiridos da WEG a unidades hospitalares em todas as regiões.

Santa Catarina é o segundo estado com menor incidência de mortes do Brasil e tem a menor taxa de letalidade (1,17%) entre os estados da região Sul e Sudeste.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, lembra que, mesmo com o monitoramento constante e retomada responsável das atividades, o momento é de atenção. “A melhor forma de prevenir é não se contaminar com o coronavírus. Temos reforçado o cuidado que a população tem que tomar para evitar a disseminação. Temos trabalhado há 120 dias no COES para a ampliação da nossa rede hospitalar e habilitação de leitos", ressalta.


Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?
Clique no link de acesso!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg