DPCami prende suspeito de estupro de vulnerável

Prisão, que aconteceu em Tijucas (SC), fez parte da operação Arcanjo

1336934d30abe2834bc343b0e97ac6b7.jpeg Foto: REPRODUÇÃO

Na manhã desta segunda-feira (17), policiais civis da Delegacia de Proteção a Crianças, Adolescentes, Mulheres e Idosos (DPCami) de Palhoça cumpriram um mandado de prisão preventiva e prenderam um homem de 56 anos que está sendo investigado pelo crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal. O preso foi localizado na cidade de Tijucas (SC), durante a operação Arcanjo, e encaminhado ao sistema prisional.

Após diversas denúncias, algumas delas anônimas, as investigações foram iniciadas e foi apurado que o investigado utilizava o próprio filho para atrair outras crianças para sua casa, sob o pretexto de brincar com o filho, e praticava os abusos contra elas. Já foram identificadas duas vítimas, uma de 11 anos e outra de 7 anos.

As investigações continuam, com o intuito de angariar elementos probatórios de outros crimes relacionados ao abuso sexual de crianças, bem como com o intuito de verificar se outras crianças foram vítimas do investigado.

 

Descumprimento de medida protetiva

Também nesta segunda-feira (17), policiais civis da DPCami de Palhoça cumpriram outro mandado de prisão preventiva, desta vez, em razão da prática de delitos relacionados a violência doméstica e familiar, praticados contra sua ex-companheira - dentre eles, descumprimento de medida protetiva de urgência.

O preso foi encaminhado ao sistema prisional e as investigações serão concluídas e enviadas ao Poder Judiciário.


Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?
Clique no link de acesso!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg