f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Elevador especial é doado para auxiliar criança com dificuldade para caminhar

Mobilização partiu de voluntários, sensibilizados com a história de uma família do São Sebastião

2eaf302353b70bfc90de923594c50904.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schütz*

Morador do bairro São Sebastião, seu Lindomar Martins da Silva é conhecido e querido por muitos frequentadores do ginásio Palhoção, no Centro. O administrador do barzinho situado no centro esportivo é pai de duas crianças adotadas: os gêmeos Antônio e Beatriz. Os filhos são saudáveis, porém, a menina tem dificuldades para caminhar. E como a família mora no segundo piso de uma casa conjugada, amigos se mobilizaram para a construção de um elevador especial para a criança. 

Beatriz teve complicações no parto, quando lhe faltou oxigênio. Hoje, 10 anos depois, ela apresenta dificuldades para caminhar. Como a parte de baixo da casa é habitada por outros familiares, a menina era carregada para conseguir chegar ao seu quarto. “Ela está crescendo e eu e a minha esposa já estamos com uma idade avançada para subir a escada na minha casa, nós estamos cansados. A Beatriz tem dez anos e faz fisioterapia quase todos os dias e hidroterapia, ou seja, estamos fazendo o possível para ela andar. O importante é que ela e ele, os dois irmãozinhos, têm a gente, e nós temos eles, que são dois amores”, relata o esforçado pai adotivo. 

Conhecedores dessa história, os membros do Clube dos 14, que jogam bola semanalmente no ginásio do Palhoção, mobilizaram-se com a ideia de construir um elevador que auxiliasse o dia a dia da pequena Beatriz e seu grupo familiar. “Nós todos ajudamos por mais ou menos seis meses, indo lá sempre que podíamos, para finalmente deixar pronto esse elevador. Trabalhamos bastante nisso, até porque ela está ficando grande, crescendo, e com o tempo ficaria mais difícil subir. É muito bom fazer uma ação assim, para ajudar as pessoas”, conta Fabian Zacchi, um dos amigos que colaboraram.

A missão de fabricar um elevador profissional e seguro ficou a cargo da empresa Eletroferro Sistema de Segurança e Serralheria, fruto da sociedade entre Adair Reig e sua esposa, Juliana Gonçalves. “Tivemos conhecimento da situação da família através de dois amigos nossos, o Fabian do Detran e o Jonas dos Bombeiros. Conversamos e entramos em concordância de que seria bem legal ajudar, que a posição deles em adotar as crianças mostrava ser uma família muito boa. Sempre que podemos, nós nos colocamos no lugar das outras pessoas. Não temos muito, mas fazemos o que podemos para ajudar”, introduz Juliana. 

A ajuda que a empresa deu foi grande, fazendo o trabalho quase sem custos. “Com a ideia de facilitar um pouquinho o dia a dia deles, esse elevador foi fabricado com muito amor e esperança de ajudar um pouco essa família, que merece. Entramos com a mão de obra, a fabricação, a pintura eletrostática e a instalação do elevador automatizado”, pontua a sócia da Eletroferro.

A instalação do elevador acaba de ser concluída e a inauguração simbólica deve ocorrer no sábado (30), reunindo as pessoas que colaboraram.  

* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!

 



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg