03066bf794a14ea915fce1a765736d82.jpeg Antigo Paço Municipal está sendo reformado para receber a Casa da Cultura

de9e6360e2a7d056ac81e4c570bac2b4.jpeg Empresários recebem palestra sobre colaborador na modalidade PJ

b9ed51804a38497e3d713e4b85a0b9ff.jpeg Outubro Rosa: voluntários organizam pedal de conscientização

6ce5fa3101a7024c779d8506147a16f1.jpeg Irmãs palhocenses produzem e doam “naninhas” para crianças das escolas públicas

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX


Fabinho visita e reivindica pelo Caic

O colégio Caic, no bairro Passa Vinte, é um dos maiores da rede municipal de Palhoça e atende crianças desde o berçário até o ensino básico

f416910dcc9e773147ec4f1305890147.JPG Foto: DIVULGAÇÃO

O colégio Caic, no bairro Passa Vinte, é um dos maiores da rede municipal de Palhoça e atende crianças desde o berçário até o ensino básico. Recentemente, houve mudanças na diretoria da unidade e o vereador Fabinho Coelho, que é da região, visitou o colégio.
Segundo o vereador, ele foi até o local justamente para conhecer a nova diretoria, dar as boas vindas e conversar sobre a educação em Palhoça.
Fabinho argumenta que tem visitado setores públicos que prestam serviços à sociedade e assim conhece a realidade de funcionários e população: “Eu acredito que essas visitas são fundamentais para conhecermos de perto os problemas e propormos melhorias que contribuam para a sociedade”.
Fabinho ainda afirma: “Toda vez que venho ao Caic, conheço uma realidade diferente. Desta vez, pude conhecer as dificuldades que os pais de crianças com autismo têm de enfrentar para levar seus filhos à escola, devido à falta de vagas para estacionar seus carros”. Nesse sentido, Fabinho propôs uma indicação à Secretaria de Segurança Pública, responsável pelo trânsito, para que sinalize uma vaga em frente ao portão para as famílias transportarem pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg