f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Mutirões marcam a semana do meio ambiente

Instituto Ambientalista Palhoça Menos Lixo realizou três ações de limpeza durante a semana e neste final de semana tem mais atividade

4e78b55b6cc4fc69b5de55b6397e03ef.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Nesta sexta-feira (5), em que é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, trazemos a iniciativa do Instituto Ambientalista Palhoça Menos Lixo, que realizou diversas ações voluntárias em Palhoça durante esta semana. Na tarde desta sexta, estava programada a limpeza de uma área na Guarda do Embaú, porém, em função das condições do tempo, a ação foi adiada para o final de semana. Entre sábado (6) e domingo (7), esta ação na Guarda e outra atividade em local a ser definido devem ser realizadas, encerrando a programação da semana do meio ambiente.

As ações desenvolvidas integraram um coletivo que envolve instituições de todo o Brasil, sob iniciativa da organização não governamental Eco Local Brasil!

Em função da pandemia, todas as ações do instituto ambiental desta semana foram realizadas de acordo com o protocolo de segurança das autoridades da saúde, que permite apenas a circulação, e não permanência no local por mais de uma hora; e que exige o uso de máscaras e o distanciamento correto entre os voluntários. "Tudo isso foi respeitado", garante Leonardo Quint, gestor ambiental e presidente do Instituto Ambientalista Palhoça Menos Lixo.

A primeira ação do grupo aconteceu na segunda-feira (1), na Comunidade da Praia, na Ponte do Imaruim, onde a equipe de voluntários do Palhoça Menos Lixo já havia realizado uma atividade em setembro de 2019, considerada como uma das maiores ações ambientais de Santa Catarina dentro do evento mundial World Clean Up Day. "Se não fosse a força, a energia e o amor pela causa que move essa família, que não foge da luta quando o assunto é meio ambiente... Nem mesmo o forte vento sul que soprou forte na beira do mar foi suficiente para espantar esse time do bem", relata Leonardo, informando que a equipe coletou muito plástico, pneu, colchão, televisor, roupas, uma rede enorme de pesca abandonada em meio à restinga, peças automotivas, além de muito lixo pesado e volumoso.

A segunda ação foi realizada na quarta-feira (3), na região conhecida como Baixio, que fica entre a Praia do Sonho e a Passagem do Maciambu. Foi encontrada uma grande quantidade de plástico, como garrafas pet, frascos de desodorante, de shampoo e até de colírio. A equipe também retirou da natureza tampas, embalagens de marmita, isopor, boias e redes de pesca, colchão, televisor, frascos de medicamento, lâmpadas, cordas, bolas e latas de conserva de alimentos. "Encontramos diversos vestígios de acampamento irregular, trilhas abertas por veículos de tração e de motocicletas dentro da área de restinga", comenta Leonardo. A atividade durou uma hora e foram coletados oito sacos de 200 litros, cheios de resíduos.

Nesta quinta-feira (4), a turma de voluntários subiu até o cume do morro da Pedra Branca. Ao longo da trilha, foi coletada uma grande quantidade de plástico, garrafas de vidro, latas de alumínio e de alimentos em conserva, tampas, embalagens de marmita, isopor, lonas, cordas, sandália, pilha, guarda-chuva, pente, muito papel higiênico, absorvente e até uma grelha. A equipe também identificou diversos vestígios de que acampamentos têm sido realizados no local. "O que nos causou surpresa foi a quantiade de bitucas e resíduos de cigarro, um verdadeiro perigo em meio à estiagem que vivemos, aliada à vegetação seca. Inclusive, por lá, encontramos diversos pontos de queimadas recentes", lamenta Leonardo. A ação durou pouco menos de uma hora e os voluntários encheram um saco de 200 litros com os resíduos coletados no morro da Pedra Branca.

 

Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?
Clique no link de acesso!
 



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg