Prisão por descumprimento de medida protetiva

Operação da DPCami com a Polícia Civil do estado faz parte da campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, que acontece até dia 10

78af54f587c360553daf8c0571dafa5f.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Integrando a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, a Delegacia de Proteção a Crianças, Adolescentes, Mulheres e Idosos (DPCami) de Palhoça realizou duas ações relacionadas a crimes contra a mulher nesta quinta-feira (3). As operações, motivadas pelo Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, começou em 25 de novembro e se estende até o dia 10 deste mês.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência de um suspeito, que teria ameaçado sua ex-companheira com arma de fogo. Além disso, os policiais civis prenderam preventivamente, em Palhoça, um homem por crimes relacionados a violência doméstica contra a ex-esposa; ele teria ainda descumprido medida protetiva de urgência.

Desde o início da campanha, diversas ações de combate a crimes relacionados a violência doméstica e familiar contra a mulher foram deflagradas pela DPCami. Dentre elas, verificação in loco de denúncias com vítimas oriundas do Disque 100/180, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e de Fiscalização de Cumprimento de Medidas Protetivas de Urgência. A campanha conta com a participação da Polícia Civil de Santa Catarina.

As ações policiais, segundo a delegacia, continuam e novas prisões podem ocorrer no decorrer dos próximos dias.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg