20dc4e7729d5869a8457d2f03bf245f5.jpeg Homem procurado por receptação e com histórico de 143 passagens pela polícia é preso em Palhoça

0ae94ba50602cc9ec46637d50c22ef80.jpg SC lança novo vacinômetro para dar mais transparência na apresentação dos dados

1f9714a46627fa74d71b519e6c54b71e.jpeg Hélio Costa se compromete com demandas de agentes de segurança universitária federal

cfed241412d941950a5e15aa0ad0314e.jpeg Polícia Rodoviária Federal divulga balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida

3722eb63d7e4752d367e3dba472592fe.jpeg Banda Soul Cream lança EP de estreia nesta sexta-feira (15)

a09be49357169b0e544a4196beee38ee.jpg Músico Paulo Valério, o “Pevê”, anuncia lançamento do terceiro disco

8ecba6308f36f894407ae4a11b018071.jpeg Rapper palhocense William Luis lança single nesta sexta-feira (8)

eedf3fe739adf982a85ed9a85aad67d6.jpg Musicalidade de Zé Ramalho no Curta o Som do Shopping ViaCatarina nesta sexta

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX


SC recebe 48,2 mil doses da vacina só nesta quarta

Um novo lote com 48.200 doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, chegou a Florianópolis às 19h10 desta quarta-feira, 24

26763f10ee89bbc636bf6b24a55a8185.jpg Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

Um novo lote com 48.200 doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, chegou a Florianópolis às 19h10 desta quarta-feira, 24. Essa foi a segunda remessa de doses que o estado recebeu em apenas um dia. Pela manhã, Santa Catarina havia recebido um lote com 59.500 doses da vacina Oxford/AstraZeneca. As duas remessas somam um total de 107.700 doses recebidas em apenas um dia.

A distribuição dessas doses para as Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde de Santa Catarina será feita na quinta, 25. As 59.500 doses da Oxford/AstraZeneca serão distribuídas de forma integral, sem reserva da Dose 2 (D2), tendo em vista que o intervalo entre a D1 e a D2 desta vacina é de 12 semanas. No caso da vacina Coronavac/Butantan, será distribuída apenas metade das doses recebidas (24.100) para a aplicação da Dose (D1), considerando que o intervalo dessa vacina é menor, de 2 a 4 semanas. Desta forma, serão enviadas 83.600 doses aos municípios. Essa forma de distribuição segue recomendação do Ministério da Saúde (MS).

O Estado também vai enviar junto com essa nova remessa de doses, as 42.500 da vacina Coronavac/Butantan que chegaram a Santa Catarina no dia 7 de fevereiro e estavam armazenadas na Rede de Frio estadual para garantir a aplicação da D2. Essas doses serão aplicadas naqueles que já receberam a D1 da vacina.

A distribuição das doses ocorrerá via terrestre e contará com o apoio das forças de segurança do estado que farão a escolta. A previsão é que todas as UDVES recebam as vacinas ainda na quinta, 25. Todas as doses serão enviadas de forma proporcional e igualitária, de acordo com a população estimada dos grupos prioritários de cada município. 

“O Estado não tem medido esforços para garantir que as doses sejam entregues às regionais, e consequentemente, aos municípios, o quanto antes, para que possamos rapidamente avançar nas etapas de imunização do povo catarinense”, afirma Eduardo Macário, superintendente de Vigilância em Saúde de SC.

Ampliação da vacinação para os idosos entre 80 e 84 anos
Com a chegada dessas novas doses da vacina, o estado conseguirá ampliar a vacinação para outros grupos prioritários. Agora, serão incluídos na vacinação os idosos entre 80 e 84 anos. A população total deste grupo prioritário é de 80.691 pessoas. Os demais grupos: trabalhadores da saúde, população indígena e idosos a partir dos 85 anos continuam sendo vacinados, conforme orientação inicial. 

“O objetivo desta nova fase da Campanha é imunizar 100% dos idosos entre 85 e 89 anos, 35% da população entre 80 e 84 anos e mais 8% dos trabalhadores da saúde. É importante que os municípios organizem estratégias para vacinar esses grupos assim que as vacinas sejam recebidas”, ressalta o diretor da Dive, João Fuck. 

Santa Catarina recebeu mais de 405 mil doses de vacina
Santa Catarina recebeu um total de 405.840 doses das vacinas Oxford/AstraZeneca e Coronavac/Butantan em seis remessas. Elas chegaram ao estado nos dias 18, 24 e 25 de janeiro; 7 e 24 de fevereiro (2 remessas em um só dia). As doses foram encaminhadas ao estado nesta ordem:

18.01.2021 – 144.040 doses Butantan/Coronavac – Distribuído: (D1: 19/01 e D2: 02/02)
24.01.2021 – 47.500 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído: (D1: 25/01)
25.01.2021 – 21.600 doses Butantan/Coronavac – Distribuído (D1: 02/02 e D2: 19/02)
07.02.2021 – 85.000 doses Butantan/Coronavac -  Distribuído (D1: 08/02 e D2: 25/02)
24.02.2021 – 59.500 doses Oxford/Astrazeneca - Distribuído (D1: 25/02)
24.02.2021 – 48.200 doses Butantan/Coronavac - Distribuído – metade 24.100 (D1: 25/02)
D1: Primeira Dose | D2: Segunda Dose

Estado aplicou mais de 211 mil doses da vacina
Santa Catarina aplicou um total de 211.772 (D1+D2) doses da vacina contra o novo coronavírus nas pessoas dos grupos prioritários: trabalhadores da saúde, idosos e deficientes institucionalizados, população indígena e idosos com mais de 85 anos. Deste total, 159.697 correspondem à Dose 1 (D1), cobertura vacinal de 63,16% e 52.075 a Dose 2 (D2), cobertura vacinal de 20,60%. 

Os dados são do Balanço Parcial de Vacinação da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina divulgado nesta quarta, 24. O boletim é elaborado pela Dive com informações dos municípios catarinenses. 

Com relação à D1, nos grupos prioritários, a cobertura é de 75,01% nos trabalhadores da saúde; 112,45% nos idosos institucionalizados; 71,76% na população indígena; 59,91% nos idosos com 90 anos e mais; e 14,46% nos idosos com idade entre 89 e 85 anos.

Com relação à D2, nos grupos prioritários, a cobertura é de 26,28% nos trabalhadores da saúde; 81,29% nos idosos institucionalizados; 35,75% na população indígena; 1,91% nos idosos com 90 anos e mais; e 0,11% nos idosos com idade entre 89 e 85 anos.



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg