Fiscalização encontra carnes vencidas

Autuação desta quarta-feira é parte do primeiro dia de vistorias do Selo de Inspeção Municipal

253df41efdc71efad7bf195313f3888e.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/PMP

As embalagens com as carnes vencidas estavam nas prateleiras de um supermercado no bairro da Praia do Sonho e foram vistoriadas pelas médicas veterinárias da Prefeitura de Palhoça. “Encontramos as embalagens sendo vendidas normalmente mesmo tendo passado do prazo de validade, além de que havia alguns cortes de carne que não podiam ser produzidos e vendidos já temperados, justamente por conta da possibilidade de que o aspecto de vencido fosse disfarçado” explica Adriana Morsoletto, médica veterinária. A estimativa da equipe de fiscalização é que tenham sido apreendidos aproximadamente 20 quilos de carne que seriam vendidos de forma irregular. “A fiscalização engloba todo o processo de produtos de origem animal, que sejam abatidos, beneficiados ou vendidos em Palhoça, para assegurar a garantia alimentar a quem consome”, explicou a médica veterinária Francieli Figueiredo, componente da equipe fiscalizadora da prefeitura.

Hoje foi o primeiro dia de saída a campo dos fiscais para averiguar as condições dos estabelecimentos em relação às orientações do Selo de Inspeção Municipal. A garantia do que chega até a mesa da casa dos palhocenses passa por um processo minucioso de investigação por parte dos servidores da prefeitura municipal. O Selo de Inspeção Municipal, chamado de SIM, é um certificado de que a empresa segue as determinações que garantem a qualidade do produto na entrega ao consumidor final. O processo de averiguação das etapas de produção é feito em peixarias, açougues, indústrias de beneficiamento e estabelecimentos que operem com produtos de origem animal.

O secretário de Maricultura e Pesca de Palhoça, Flávio Martins, explica que “o passo a passo para enquadrar o estabelecimento às medidas para obter o selo é feito de forma online e está disponível a todos os comerciantes no site da Prefeitura de Palhoça”. Para conquistar o Selo de Inspeção Municipal é preciso preencher o cadastro e seguir orientações, que vão desde o cuidado com armazenamento e manipulação, passando pela aprovação de análises químicas e biológicas dos produtos, até a procedência de encaminhamento para o descarte. O SIM tem validade em toda a Grande Florianópolis, dando autorização de comercialização e distribuição do produto atestado com o selo. “Depois que tudo for organizado e as empresas seguirem o padrão de qualidade estabelecido em Palhoça, vamos buscar a validação nacional dos produtos de origem animal preparados aqui”, salientou o secretário Flávio Martins, citando a integração entre o SIM, Selo de Inspeção Municipal, ao SISB, que é o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal.

As embalagens encontradas no mercado, localizado no bairro da Praia do Sonho, foram recolhidas e descartadas pela equipe da prefeitura. O trabalho para adequação dos estabelecimentos ao Selo de Inspeção Municipal da Prefeitura de Palhoça continua nos próximos dias, com visitas programadas aos estabelecimentos.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO/PMP DIVULGAÇÃO/PMP DIVULGAÇÃO/PMP
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg