c8c125531c8b83654f9309cecc6a2724.jpeg PRF flagra 37 motoristas dirigindo sob efeito de álcool em Palhoça

749cf8a85acd11d2f6bd277af7938a63.jpg Covid-19: como fica a vacinação nesta terça-feira (07)

edc313366cac4e3ab761d4886f00189e.jpeg Matriz de Avaliação de Risco Covid-19 aponta 13 regiões no nível moderado

15f9204a61cb07da53997ac807a1d769.jpeg Turismo de natureza deve se consolidar como tendência nesta temporada de verão

11d4d8dfbedca0fc2f3758ec2013de07.jpg Final da Copa Sênior Palhoça de Futebol é nesta terça-feira (7)

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

Piloto “Mascote” vence segunda etapa na Copa Canel

Sobre uma Honda CRF 150F, Marco Caetano Linhares da Silveira levou o primeiro lugar na categoria 200 Nacional de Velocross

19832981ed0ee68a3ba57093201d0729.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Sofia Mayer*

O piloto radicado em Palhoça Marco Caetano Linhares da Silveira, o Mascote, venceu a segunda etapa da categoria 200 Nacional, da Copa Canelinha de Velocross, no último final de semana, sobre as duas rodas da sua Honda CRF 150F. Agora, a final acontece nos dias 12 e 13 de dezembro, no motódromo Ari Justino Pereira, em Canelinha.

Na primeira etapa, que ocorreu nos dias 10 e 11 de outubro, o piloto chegou ao pódio na segunda colocação. “É uma categoria difícil, pois os motores são iguais, a diferença é tirada no braço mesmo. Agora, na segunda etapa, eu estava inseguro pois estou com joelho muito machucado”, conta. O atleta, contudo, largou bem e conseguiu manter o ritmo durante a prova: “Fiz quatro ultrapassagens, assumi a liderança e venci a prova”.

Mascote é natural de Americana (SP), mas já mora em Palhoça há quase 20 anos. Na Pinheira, ele montou, com o pai, uma microempresa de segurança eletrônica. 

Por conta da emergência sanitária causada pela Covid-19, as competições começaram apenas em outubro, embora com uma série de restrições para segurança coletiva. “Os pilotos só podem levar um acompanhante e é obrigatório uso de máscara nas dependências do motódromo”, afirma Mascote. 

A final da Copa Canelinha de Velocross acontece nos dias 12 e 13 de dezembro. O morador de Palhoça está empatado com o piloto Deko Silva, de São José. “Quem ficar na frente, leva a taça para casa”, conclui o piloto. 

Velocross

O velocross é uma modalidade com motos off-road, usadas também em cross country, enduro de regularidade e motocross. A diferença, em relação ao motocross, está na pista, que não possui saltos ou obstáculos. São pistas para alta velocidade, com traçados sinuosos e muitas curvas em um trajeto com cerca de 1km de extensão
A preparação das motos também é diferenciada, com o objetivo de garantir maior potência e aceleração; por isso, a velocidade atingida também é maior


* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg