Morre o empresário Horácio Figueiredo

Conhecido como “Português”, foi um dos propulsores do desenvolvimento econômico de Palhoça

fd5a7534f4f1e977881bb58cb0befd38.jpg Foto: ARQUIVO PESSOAL

Palhoça perdeu, no dia 2 de novembro, o empresário Horácio Figueiredo, aos 70 anos, proprietário de inúmeros empreendimentos em nossa cidade. O empresário faleceu em Portugal, onde fazia tratamento contra um câncer.

Conhecido por todos como “Português”, o empresário foi precursor do Shopping ViaCatarina, do loteamento Pagani, do loteamento Alaor Silveira, do Condomínio Praia de Fora e do Hotel Slavieiro, entre outros. Comandava ainda o Grupo Sibara, com sede em Itajaí, e vários outros negócios em Santa Catarina.

Como disse tão bem seu amigo João Furtado, “Horácio Figueiredo trouxe modernidade, desenvolvimento, inovação e prosperidade a Palhoça”. “Foi com esse ideal e pensamento e com as parcerias que estabeleceu ao longo de sua trajetória com as famílias Pagani, Furtado (Jota’s), Silveira e outros parceiros comerciais e amigos, que fez nascer em Palhoça seus empreendimentos, e mesmo sabendo de sua situação de saúde, deixou viabilizada a expansão do Shoping ViaCatarina, com novas lojas, âncoras e uma clínica e hospital de referência. Integridade, honestidade e ética eram sinônimos de seu nome. Amizade, cordialidade e empreendedorismo estavam em seu DNA”, escreveu o amigo João Furtado.

Pode-se dizer que Palhoça foi “descoberta” duas vezes pelos portugueses: a primeira, em 1750, quando os portugueses açorianos desembarcaram na Enseada de Brito; e a segunda, com a chegada do “Português” Horácio Figueiredo, nos anos de 1990, quando colocou sua visão empresarial a serviço do desenvolvimento de Palhoça.

A missa de sétimo dia em sua memória será celebrada em Itajaí, onde residia, e vai reunir familiares e convidados.

Horácio Figueiredo deixa esposa, dois filhos e netos e uma grande história de vida! Que descanse em paz no reino de Deus!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif