Piloto participa da Copa América de Down Hill

Junior Felix chegou às quartas de final da competição, disputada no último final de semana, em São Roque (SP)

a41a2cbf033c4d2a84a46fe57be2a50f.jpg Foto: ALEXANDRE VITOR ANDRADE/REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O piloto palhocense Junior Felix participou da 12ª Copa América de Down Hill 4X, disputada no último final de semana, na cidade de São Roque (SP). A competição é uma das mais badaladas do calendário nacional, com transmissão ao vivo das baterias finais pela Rede Globo de Televisão.

A competição contou com atletas brasileiros, chilenos, equatorianos e um representante da República Tcheca, convidado especialmente para o evento. A categoria feminino reuniu as melhores brasileiras da modalidade.

No masculino, os atletas aptos a participarem da prova são: os com os 34 melhores resultados da edição anterior (contando com os reservas) e os 25 melhores do Campeonato Brasileiro de Downhill 2019, conforme ranking atualizado em 6 de dezembro de 2019, nas categorias júnior, elite, sub-30, master (30-34 anos e 35-39 anos), campeões estaduais e convidados.

No sábado (18), aconteceram as tomadas de tempo. É uma competição diferenciada, com a modalidade 4X (do inglês “four cross”), em que quatro competidores (daí o “four”, que significa “quatro”, em inglês) largam juntos em cada bateria (em geral, no down hill, cada piloto larga sozinho e o que importa é a tomada de tempo), para uma descida em pista com obstáculos (daí o “cross”). No masculino, os 24 melhores passavam para a sequência da competição, no domingo (19), juntando-se aos oito convidados. 

Junior Felix se classificou em 11º lugar e já foi direto para as oitavas de final, que tiveram oito baterias. Novamente classificado, passou para as quartas de final, e a partir daí, a prova foi transmitida pela televisão. Junior não conseguiu classificação para a bateria semifinal, mas ficou contente com seu desempenho na pista do Ski Mountain Park, em São Roque. “O evento foi muito legal para mim, fiquei bem contente, porque competi com a minha bike de down hill, e lá todo mundo compete com a bicicleta de enduro, que são bicicletas mais leves, melhor de pedalar. Entre os 25 primeiros, só tinha eu com aquele tipo de bicicleta. Fiquei bem contente, mesmo perdendo a largada consegui passar mais uma bateria até as quartas de final, então foi bem legal”, comenta o piloto.

A Copa América foi a primeira prova da temporada. Junior se prepara, agora, para a abertura do Campeonato Catarinense, que será disputada entre os dias 29 de fevereiro e 1º de março, em Ibirama. O grande foco este ano será o Pan-Americano, que vai acontecer em Sapiranga (RS), no mês de abril. “Estou tentando apoio aqui para viabilizar a viagem”, diz Junior, que vai para seu quinto Pan-Americano.

O piloto de Palhoça começou a disputar a competição ainda juvenil, na Colômbia, e foi medalha de bronze. Depois, competiu na Argentina, e foi bronze novamente, desta vez, na categoria júnior. A terceira participação foi no Brasil, quando conquistou o primeiro lugar e se transformou no melhor piloto júnior da América Latina. Em 2020, Junior fará sua segunda participação na elite do Pan. A primeira foi na Colômbia, e terminou em 16º lugar. "Agora vamos tentar alguma coisa aqui no Brasil. É uma prova muito grande, se tu ganhar ali, tu é o melhor da América Latina, e depois disso é só o Mundial mesmo", reflete o competidor, que completou 24 aos no dia 3 de janeiro. 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg