Velhos problemas no Nova Palhoça

Pedestres disputam espaço com carros na principal avenida do bairro, e todos precisam conviver com mato alto

5525110936ea63a0e03727037a25d142.JPG Foto: ISONYANE IRIS

Texto: Isonyane Iris

 

Sem ter um local seguro para praticar caminhadas ou mesmo passear com cachorros, pedestres estão tendo que disputar espaço com veículos pelas ruas do Nova Palhoça. Além disso, a quantidade de terrenos sem limpeza e manutenção tem comprometido a segurança de motoristas e pedestres, já que em vários lugares o mato está tomando conta das esquinas. Diante dessas reclamações feitas por moradores, a equipe de reportagem do jornal Palhocense foi conferir de perto a situação. 
“Nossa realidade aqui hoje é precária. Tinha tudo para ser um lugar lindo e bem planejado, mas a Prefeitura consegue se superar. A única coisa que limpam e cortam o mato é apenas da rótula e algumas vezes dos canteiros, mas isso é uma vez por ano. Tem muito terreno vazio com o mato cobrindo as ruas, esquinas e até faixa de pedestres, um perigo para todos nós”, reclama Maria Lúcia Pinho.

Morador da região há mais de cinco anos, Luiz Felipe Oliveira já foi atropelado por um carro enquanto caminhava. “Eu estava bem no cantinho da pista caminhando, quando o motorista achou que iria dar para passar e acabou me levando junto. Graças a Deus não foi nada grave, mas poderia ter sido. Todos os dias o pessoal caminha por aqui, um verdadeiro perigo que precisa de atenção com urgência”, alerta o morador.

No final da tarde, o movimento de pessoas saindo de suas casas para caminhar se intensifica. Em poucos minutos, um fila de pessoas caminhando começa a chamar a atenção entre os veículos. “Não entendo por que a Prefeitura não fez um canteiro em que a gente pudesse caminhar. Deixaram um espaço no meio das pistas, coberto por mato, sem nenhuma utilidade. Por que não fizeram como na avenida Elza Luchi, na Ponte do Imaruim, onde todos conseguem andar pelo meio das vias?”, questiona a moradora Juliana da Costa.


Mato alto

Outro problema que estaria comprometendo a segurança de todos no Nova Palhoça seria a quantidade de terrenos abandonados, sem nenhum tipo de limpeza. “Muitos viram depósito de lixo, outros parecem verdadeiras florestas, de tanto mato que têm. Tem ruas em que o mato tomou conta de boa parte das esquinas, comprometendo a segurança de todos”, reclama Flávia.

Para os motoristas, a situação é igualmente perigosa. “A gente não consegue ter nenhuma visibilidade das esquinas. Tem que ir avançando com o carro até quase metade da rua para conseguir enxergar se vem outro veículo e então atravessar. Falta fiscalização por parte da Prefeitura. Cobrar dos proprietários nem sempre é o suficiente. O município deveria limpar as esquinas, pelo menos, e depois colocar o valor na taxa de IPTU de cada terreno, isso seria justo”, sugere Luiz Felipe.

A Secretaria de Serviços Públicos alega que realiza manutenção frequente no loteamento Nova Palhoça. Inclusive, na última semana, equipes da Sesp estiveram no local.
E a Secretaria Municipal de Infraestrutura informa que está notificando os proprietários de terrenos baldios, para que procedam a limpeza das respectivas áreas.
Sobre os pedestres, a Prefeitura garante que está projetando a construção de calçadas na avenida central do loteamento, paralelas à vala.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: ISONYANE IRIS ISONYANE IRIS
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif