Corrida em prol de Eduardo

Atletas vão correr 81km, neste sábado (10), para ajudar nas despesas médicas do palhocense Eduardo, de 14 anos. O jovem precisou amputar uma das pernas por conta um osteossarcoma femoral

34b79910ab409901ee58840d09a4e080.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Sofia Mayer*

 

Impressionantes 81 quilômetros. Esta é a distância que um grupo de corredores vai percorrer, neste sábado (10), para ajudar o garoto Eduardo, que precisou amputar uma das pernas por conta de um osteossarcoma femoral. Embora ele já tenha conseguido dinheiro para adquirir uma prótese, graças às inúmeras doações recebidas nos últimos meses, os esportistas estão se mobilizando para garantir ao jovem um bom acompanhamento médico durante todo o período de adaptação. 

Simultaneamente à divulgação da corrida nas redes sociais, os esportistas estão disponibilizando uma vaquinha online, para contribuição espontânea, que será revertida a Eduardo para despesas médicas, que incluem sessões de fisioterapia e consultas de rotina.

Quatro corredores farão revezamentos durante o extenso percurso até o Santuário Madre Paulina, em Nova Trento. A corrida começa em São José, às 7h, e contará com paradas em Biguaçu (Tijuquinhas), Tijucas e Canelinha para troca de corredor. Cada esportista deve percorrer uma distância aproximada de 20 quilômetros.

Angariar fundos para o tratamento de Eduardo foi uma ideia que pareceu ainda mais urgente em tempos de pandemia. “Acho que todo mundo aqui na Terra tem que se ajudar e prosperar esta humanidade. Se todo mundo puder ajudar um pouquinho, é um bem para todos”, comenta o corredor Marcos Chaves. Também toparam o desafio os atletas Marcos Roberto Martins, Jorge André, Luciano Miranda e Chay Moraes.

Quando a ideia de ajudar Eduardo surgiu, no final de agosto, boa parte do dinheiro para a compra de prótese já estava em mãos. Os corredores, no entanto, concluíram que ainda poderiam ajudar a tornar o novo cotidiano da família mais confortável. “Mesmo assim, ele quis continuar. Pouco ou muito, vai ajudar o Eduardo mais tarde, caso precise fazer ajuste na prótese, coisas desse tipo”, comenta a mãe, Andreia Silva Farias.

 

Relembre o caso

Em junho, o garoto Eduardo, de 14 anos, precisou fazer uma cirurgia por conta de um osteossarcoma femoral, que é uma espécie de tumor no fêmur, e acabou amputando uma das pernas. Os colegas da escola, então, prontamente promoveram uma arrecadação de recursos para ajudar a bancar a prótese do amigo.  

Hoje, Eduardo está melhor, e segue se adequando ao equipamento. “Já está com a prótese, está andando pouquinho, ainda, porque apareceu uma inflamação e, por conta disso, não está bem adaptado como era pra estar. Mas está andando devagarzinho”, conta a mãe, agradecida por toda a ajuda que o filho vem recebendo. 

 

Vaquinha

A contribuição para a vaquinha online criada pelos corredores pode ser feita clicando aqui.

Para mais informações, basta seguir a página do desafio 81K Run 2020.


* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim


Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?
Clique no link de acesso!
 



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg