c2abafaee81eeb2b9636708c0e29f559.jpeg Brasil Atacadista de Palhoça comemora Halloween na pista de patinação

113e618973b8ebd17fca0d7d47a14e83.jpeg Pescadores de Palhoça terão ajuda para fazer recadastramento nacional

1d1c91a2de87a42ea4b71ebc71dd25e7.jpeg Memória: Palhoça foi campeã estadual de voleibol em 1962

2eaf302353b70bfc90de923594c50904.jpg Elevador especial é doado para auxiliar criança com dificuldade para caminhar

290414776c163caecd307988082d2124.jpeg Começa a pré-produção de “Ferrolho”, filme ambientado na Pinheira

7af56a643841db6a9098b402f3cb2d62.jpeg Irmão falecido há 18 anos assina letra de "Dilema", música de Guilherme Stingler

fd67d75723bfe78bda89f51eaf466587.jpeg Judoca se prepara para representar Palhoça nos Jogos Escolares Brasileiros

52b0d7288e387bb75af6dcd071294308.jpeg Atletas de Palhoça ganham medalhas na Copa Desterro de Jiu-jitsu Profissional

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional


“Minha Palhoça, Terra Querida”

No aniversário do municipio, uma homenagem ao criador do hino de Palhoça

fbdaa5cc5961a51eafc2c862658abe47.jpg Foto: ARQUIVO JPP

Na foto acima, vemos o maestro Roberto Kel, autor do hino do município de Palhoça. Nasceu em 1921 e foi músico da Banda da Polícia Militar de Santa Catarina, encerrando sua carreira como seu regente no posto de tenente-coronel. Em 1976, compôs a letra e a música do hino do Município de Palhoça, que foi aprovado oficialmente pela Lei 293 de 22 de outubro de 1976. O maestro Roberto Kel faleceu em 3 de maio de 1996.


Hino de Palhoça

Nesta terra aprendi a viver
Nesta terra aprendi a amar
Defendendo-a não temo morrer
Nem tampouco sofrer
Para tudo lhe dar
Suas praias são lindas demais
E rainha já é por inteira
E assim amarei sempre mais
Estas praias: Pontal,
Cambirela e Pinheira
Minha Palhoça, Terra Querida
És o encanto de minha vida
Muito desejo um dia dar-te
E assim provando saber amar-te
Quando a mágoa ou o tédio me prende
Busco a paz e ninguém me entende
É nas praias da terra querida
Que encontro o lazer
Que mais quero na vida
O legado dos seus fundadores
É trabalho, honradez e amor
E nas cores da sua bandeira
Reflete a esperança
O progresso e o valor

 

Clique e acesse a cifra do hino de Palhoça, enviada pelo músico Cleber Viana!
 

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg